default-logo

Atualmente o SAAEC possui quatro Estações de Tratamento de Esgoto em funcionamento e uma desativada. Abaixo podemos visualizar as características de cada estação, e sua forma de atuação.

ETE CECAP

Início da Operação: 1972.

População Equivalente de Projeto: 10.000 habitantes.

Tipo de Planta: O processo de tratamento é de lodo ativado de aeração prolongada e em nível secundário, com grau de eficiência de 95% de remoção de carga orgânica medida em DBO.

Sistema de Esgotamento Sanitário – Os esgotos são transportados para a estação através de um sistema de esgotamento constituído por interceptores, emissários, totalizando aproximadamente 80 km de extensão, com diâmetros que variam entre 150mm e 500 mm.

Corpo Receptor: Rio Tietê.

Limites da Legislação:

DBO: 60 mg/L média mensal, ou 80% de remoção.

SS: 0,1 ml/L, média mensal.

pH: 5,0 a 9,0.

Descrição dos Processos Unitários: O processo de tratamento é constituído por duas fases: líquida e sólida.

Unidades da Fase Líquida:

– Estação Elevatória

– Grades Médias

– Caixas de Areia

– Tanque de Aeração

– Decantadores Secundários

Unidades da Fase Sólida:

– Leitos de Secagem

Desativada em: Abril/2011.

ETE Aliança

Início da Operação: 1986.

População Equivalente de Projeto: 5.000 habitantes.

Tipo de Planta: O processo de tratamento é constituído por uma lagoa anaeróbia e duas facultativas, com grau de eficiência de 80% de remoção de carga orgânica medida em DBO.

Sistema de Esgotamento Sanitário – Os esgotos são transportados para a estação através de um sistema de esgotamento constituído por interceptores, emissários, totalizando aproximadamente 60 km de extensão, com diâmetros que variam entre 150 mm e 300 mm.

Corpo Receptor: Rio Sorocaba.

Limites da Legislação:

DBO: 60 mg/L média mensal, ou 80% de remoção.

SS: 0,1 ml/L, média mensal.

pH: 5,0 a 9,0.

Descrição dos Processos Unitários:

– Grades

– Caixas de Areia

– Lagoa anaeróbia e facultativa

ETE Taquaral

Início da Operação: 1999.

População Equivalente de Projeto: 7.500 habitantes.

Tipo de Planta: O processo de tratamento é constituído de uma lagoa anaeróbia e um filtro biológico aeróbio em nível secundário, com grau de eficiência de 95% de remoção de carga orgânica medida em DBO.

Sistema de Esgotamento Sanitário – Os esgotos são transportados para a estação através de um sistema de esgotamento constituído por interceptores, emissários, totalizando aproximadamente   20 km de extensão, com diâmetros que variam entre 150 mm e 200 mm.

Corpo Receptor: Córrego Taquaral.

Descrição dos Processos Unitários: O processo de tratamento é constituído por duas fases: líquida e sólida.

Unidades da Fase Líquida:

– Grades

– Caixas de Areia

– Lagoa Anaeróbia

– Filtro Biológico

– Decantadores

Unidades da Fase Sólida:

– Leitos de Secagem

ETE Capuava

Início da Operação: 2011.

População Equivalente de Projeto: 30.000 habitantes.

Tipo de Planta: O processo de tratamento é de lodo ativado de aeração prolongada e em nível secundário, com grau de eficiência de 95% de remoção de carga orgânica medida em DBO.

Sistema de Esgotamento Sanitário: Os esgotos são transportados para a estação através de um sistema de esgotamento constituído por interceptores, emissários, e estação elevatória,  totalizando aproximadamente 90 km de extensão, com diâmetros que variam entre 150mm e 500 mm.

Corpo Receptor: Rio Tietê.

Limites da Legislação:

DBO: 60 mg/L média mensal, ou 80% de remoção.

SS: 0,1 ml/L, média mensal.

pH: 5,0 a 9,0.

Descrição dos Processos Unitários: O processo de tratamento é constituído por duas fases: líquida e sólida.

Unidades da Fase Líquida:

– Estação Elevatória

– Grades Médias

– Caixas de Areia

– Tanque de Aeração

– Decantadores Secundários

Unidades da Fase Sólida:

– Leitos de Secagem

ETE Rio Sorocaba


Início da Operação: 2011.

População Equivalente de Projeto: 20.000 habitantes.

Tipo de Planta: O processo de tratamento é constituído por uma lagoa anaeróbia e duas facultativas, com grau de eficiência de 80% de remoção de carga orgânica medida em DBO.

Sistema de Esgotamento Sanitário: Os esgotos são transportados para a estação através de um sistema de esgotamento constituído por interceptores, emissários e duas estações  elevatórias, totalizando aproximadamente 60 km de extensão, com diâmetros que variam entre 150 mm e 300 mm.

Corpo Receptor: Rio Sorocaba.

Limites da Legislação:

DBO: 60 mg/L média mensal, ou 80% de remoção.

SS: 0,1 ml/L, média mensal.

pH: 5,0 a 9,0.

Descrição dos Processos Unitários:

– Grades

– Caixas de Areia

– Lagoa anaeróbia e facultativa

Copyright 2017 - SAAE Cerquilho - Todos os direitos reservados.